pub-1948941825289788
 

Tróia tem a primeira ZLT – Zona Livre Tecnológica anunciada em Matosinhos


Nesta terça-feira 19 de julho foi oficialmente inaugurada a ZLT – Zona Livre Tecnológica Infante D. Henrique, no âmbito do CEOM – Centro de Experimentação Operacional da Marinha, Portuguesa, que já havia feito apresentação preliminar do então projeto, em Matosinhos ao final de 2021.

Autoridades de vários órgãos públicos responsáveis pela apresentação do novo “recurso dinâmico” de incentivo à tecnologia sustentável incluíram:

· Capitão-de-mar-e-guerra Paulo Gonçalves Simões, Diretor do CEOM

· Prof. Doutora Joana Mendonça, Presidente da ANI

· Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante Gouveia e Melo

· Dr. António Costa Silva, Ministro da Economia e do Mar

· Prof. Doutora Helena Carreiras, Ministra da Defesa Nacional

Localizado nas Instalações Navais de Troia envolve o meio acadêmico, setores da indústria e outros utilizadores finais, o CEOM visa promover a cooperação tecnológica focada no mar, particularmente em sistemas não tripulados, através da realização de campanhas de experimentação nos ambientes subsuperfície, superfície e aéreo. Com um plano de capacitação com infraestruturas, equipamentos e serviços até 2023, o CEOM é já considerado como um local de referência internacional.


As Zonas Livres Tecnológicas, como refere a Agência Nacional de Inovação, são ambientes físicos para testes, geograficamente localizados, em ambiente real ou quase-real, destinadas à execução de testes de tecnologias, produtos, serviços e processos inovadores de base tecnológica, de forma segura, com o apoio e acompanhamento das respetivas entidades competentes.


As ZLT surgem da necessidade de espaços onde possam ser realizadas ações de experimentação e inovação que ajudarão Portugal no desenvolvimento em diversas áreas nomeadamente na Investigação e Desenvolvimento, cooperação entre setores da sociedade, criação de conhecimento, captação de investimento, apoio ao empreendedorismo.​​


Seguindo a regulamentação constante no Plano de Ação para a Transição Digital em 2020, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento de tecnologia e criar espaços que permitem realização de testes e experimentação tecnológica em ambiente real, esta é a primeira Zona Livre Tecnológica (ZLT) a avançar em Portugal, a 30 minutos de Lisboa.


Na ZLT a Marinha Portuguesa fará testes de sistemas de segurança e defesa não tripulados e outras tecnologias em ambientes de subsuperfície, superfície - terra, água, aéreo. O CEOM também irá receber um centro de inovação em defesa da NATO, da iniciativa Defence Innovation Accelerator for the North Atlantic (DIANA).


Refere a declaração oficial dos responsáveis pela ZLT que "Toda a área será sensorizada, reunindo as condições ideais para, em segurança, testar e validar novas tecnologias de comunicações, sensores, inteligência artificial e materiais". Ainda, "pelas características geofísicas do local, esta ZLT permitirá ainda acesso e o estudo do mar profundo, que será alavancado com a instalação de uma plataforma multipropósito, vulgarmente chamada de ilha artificial".


LEIA TAMBÉM:

Vender terreno no fundo do mar by Luís Peazê - Esse aparentemente estranho mercado nasceu em meados do século 19, quando americanos e ingleses exploravam o alcance do...


Falando com os peixes, por Luís Peazê


logo_oponto_news_H2Blue_round_radio_cafe-removebg-preview.png