top of page
logo_oponto_news_H2Blue_round_radio_cafe-removebg-preview.png
Noticia e Informacao contextualizadas
00:00 / 03:51

WebSummit: - I´m sorry Tim, your POD & Solid idea is outdated. Why?


Tim Berners-Lee - John Bruce - WebSummit 2022, Llisbon

Tim e John, quando comecei a codificar programas, meados da década de 1970, na minha cabeça de adolescente já imaginava conectar ambientes de trabalho e outras atividades por computadores, e sentia que ao resolver o problema da velocidade e da armazenagem de dados o céu seria o limite da computação, para o benefício das pessoas. Ingenuamente ficava fascinado ao ver um analista financeiro da empresa onde eu trabalhava, completar um gráfico de "break-even point" que meu programa havia produzido precariamente, apenas imprimindo pontos que deveriam ser ligados manualmente a lápis ou caneta, em papel contínuo, numa impressora que imprimia poucas 100 linhas por minuto, fazendo um barulho ensurdecedor...


Muito cedo migrei para outras áreas e, após a experiência Alvídia - Um Horizonte a Mais, comecei a enxergar outro mundo onde palavra alguma jamais pisara, e isso não vem ao caso agora - coisas de um sonhador. O que gostaria de discutir aqui é a brincaderia do título, embora tenha algo de muito sério ao afirmar que o conceito de Person Online Datastore (POD) nasce desatualizado.

Em primeiro lugar, a WWW foi a melhor coisa criada no século passado. Obrigado. E sabemos que o protocolo HTTP, qualquer que seja o seu atual estágio, está longe de ser o ideal e há muito por fazer pela chamada "Força Tarefa de Engenheiros da Internete" ( Internet Engineering Task Force - IETF ).


Na minha visionária ingenuidade de sonhador, uma vez resolvendo problemas de velocidade (estamos quase chegando lá), latência e alternativa de "jumps" entre um caminho de rede para outro, no caso de sinistros ou acidentes reais, carências momentâneas e vários sucedâneos potenciais, enxergo num futuro não muito remoto um cenário de alguns passos à frente do POD & Solid que você e o John Bruce propõem.

Concordo, e não estou sozinho, que a problemática dos "Dados" é crítica e estamos numa bifurcação perigosa, como se fossemos retornar para um mundo escuro e vivermos, a maioria, sob o Mito da Caverna, por não sabermos mais onde estão, onde andam e o que fazem com os nossos "Dados". Na verdade, deixamos a coisa ir longe demasiadamente, como a questão da poluição do Oceano, a caixa de ressonância climática da Terra; o berço da cadeia alimentar, o elo de ligação e absorção entre os nacos da Pangea... É tão crítica a situação que comparo uma empresa privada, a Google, pela dimensão que atingiu, com o Oceano. A diferença é que o Oceano pertence a todos, a cada um de nós a tal ponto que seria perfeitamente normal e factível cada ser humano ao nascer possuir uma NFT do Oceano. No caso do Google e similares, trata-se de uma caixa de ressonância planetária de "Dados" e deveríamos nos preocupar com a qualidade desse "ecossistema", com a qualidade deste "ambiente". Não estamos...


Antes de sugerir o que tenho sonhado com relação aos "Dados" e minha divergência quanto ao seu POD & Solid, gostaria de ratificar mais uma vez o que venho tentando discutir publicamente: o conceito de "Fractalização Positiva e Negativa" das notícias & informações, dos "Dados". De uma modo bem simplório, posto que um fractal pode ser a representação fiel de um todo, a fractalização negativa seria a equivocada noção de se ter a apreensão do todo, entretanto ter apenas uma noção pálida e precária da realidade. Conversa para outro artigo...

Minha visão para solucionar a questão de integridade dos "Dados" é mesmo a armazenagem privada, individual; por empresa, por cada entidade proprietária dos "Dados". Não deveria existir outra opção, não há melhor opção e isto é possível.


Da mesma forma que o atual sistema financeiro e consequentemente o atual sistema bancário chegaram ao seu ciclo final, não atendem mais ao estágio de avanço das sociedades - outro modelo é urgente implantar, idem para o sistema de organização e gestão do Estado; concluo que a posse de dados, como um segredo íntimo deva ser de cada indivíduo, ou entidade; posse e armazenamento. A não ser que esta posse e armazenagem seja delegada a um "escrow" (o equivalente ao POD), mas isto é o exercício de livre arbítrio, outra coisa. Então eu gostaria de propor PD sem o "O", no sentido de Personal Datastore. E, no lugar da Solid distribuida pela inRupt, proponho a mySect. Um protocolo íntegro personalizado na origem, com características e "comments" que inclui o DNA de cada proprietário. - Sim, tenho um protótipo.




Comments


bottom of page