top of page
logo_oponto_news_H2Blue_round_radio_cafe-removebg-preview.png
Noticia e Informacao contextualizadas
00:00 / 03:51

Dia da Mulher, la mer.


Minha homenagem a todas as Mulheres neste 8 de março de 2023, uma em especial, me perdoem as demais, minha Helga.


Todos os dias deveríamos celebrar a Mulher, eu nem sei se mereço estar todos os dias com a minha Helga, mas como é um presente Divino a gente abre os olhos de manhã e agradece, aliás, meu mantra é "la mer". Isto mesmo, para mim o mar é Mulher, a caixa de ressonância climática do planeta, o berço da cadeia alimentar e tantas, tantas outras importâncias substanciais, um mundo insondável, ora, o homem conhece apenas 3% deste mundo vital para a existência de todos e tudo o mais. Deveria se importar mais com a Mulher, conhecê-la mais, fluir como ela flui com os ciclos naturais, as marés, as translações em torno da estrela maior que convencionamos chamar de sol, as rotações em torno de si mesma, está inclusive provado que a Mulher suporta mais pressão e dor do que o homem que se diz forte e duro; se o homem seguisse os princípios básicos do humor e temperamento de "la mer", desconfio que o mundo seria melhor.


Viva "la mer", quero dizer, a Mulher.


Vinicius por favor me ajuda:

"São demais os perigos desta vida, Pra quem tem paixão. Principalmente quando uma lua chega de repente / E se deixa no céu, como esquecida / E se ao luar que atua desvairado / Vem se unir uma música qualquer / Aí então é preciso ter cuidado / Porque deve andar perto uma mulher / Deve andar perto uma mulher que é feita / De música, luar e sentimento / E que a vida não quer de tão perfeita / Uma mulher que é como a própria lua: / Tão linda que só espalha sofrimento / Tão cheia de pudor que vive nua"




Comentários


bottom of page