top of page
logo_oponto_news_H2Blue_round_radio_cafe-removebg-preview.png
Noticia e Informacao contextualizadas
00:00 / 03:51
  • Luís Peazê

O Oscar da Nauticampo, grávido aos 50.


Este ano foi diferente, a festa e entrega do Oscar, mas isso já é história e vamos falar do que ainda é notícia: o Expositor mais simpático da Nauticampo 2019, festa da náutica e camping realizada pela FIL - Feiras Internacionais de Lisboa. A escolha do Expositor mais simpático do evento foi uma iniciativa da empresa Pessoas & Palavras Lda - atelier náutico, eventos e notícias veiculada pela e-zine Conversa no Pier. A proposta foi simples: bastava visitar a página de votação no url www.conversanopier.com digitar nome, email e a escolha do Expositor mais simpático do evento. Mas por que o mais simpático e não o mais bem arranjado, a melhor arquitetura, o melhor apresentado, o mais inovador ou outros atributos superlativos?

Porque são as pessoas, antes de qualquer outra coisa, que contam. Quando tudo e todas as operações tornarem-se automatizadas sobre a Terra, o que fará a diferença sempre será a essência humana, seja aquela inclinada ao hedonismo ou a que tende para o outro extremo.

Daí escolher a imagem de um homem grávido para ilustrar o anúncio dos vencedores da eleição do Expositor mais simpático da Nauticampo, que celebrou neste capítulo 50 anos de vida. Esta imagem foi utilizada a primeira vez em 1970, numa publicidade da Saatchi & Saatchi em Londres chamando a atenção para a importância dos contraceptivos perguntando na época: "Você seria mais cuidadoso, se fosse você que ficasse grávido?"

A lembrança do anúncio antigo quer trazer para a mesa a importância do que ainda é fundamental e crucial na venda, razão de um evento comercial, industrial, setorial: a venda. Que por sua vez é feita, ainda e sempre, por pessoas, pelo vendedor. Há quem diga que o bom vendedor já nasce grávido da arte de vender, mas há quem defenda que um bom vendedor possa ser engravidado ao longo da vida. Com o leitor a palavra.

Voltemos à Nauticampo, realizada pela FIL cuja fundação nos remete aos longíquos 1957, muito ligados à própria história da primeira feira mundial industrial de que se tem notícia, em 1776, durante o governo de Marquês de Pombal, em plena Revolução Industrial, que dotou o mundo de engrenagens e não paramos mais de andar à velocidade máxima, como um trem montanha abaixo, alguns de nós desesperados a bordo com os braços para fora tentando nos agarrar nos galhos da história, da vida. Naquela época não foi por acaso que uma portuguesa famosa, a Sra. Catarina Henriqueta de Bragança casou com o Rei Carlos II, o Carlinhos, reinando da mesma cadeira a Inglaterra, Escócia e Irlanda. Que bela coincidência Ana da Grã-Bretanha ter vencido o Oscar de melhor atriz, uma personagem com laços tão próximos dos rios de sangue português, daquela época, em que Portugal inundava o Reino Unido com os seus hábitos e costumes, gente e produtos, da possibilidade de um nobre costurar à mão ao chá das cinco.

Pouco mais de uma década atrás, a SoccerEx, um evento inglês, da indústria do Futebol (eles são proprietários da franquia planetária Futebol), passou a utilizar a metodologia ERP & CRM para o Networking e todos os eventos do gênero "feira", "trade show" e semelhantes adotaram a prática; pois não se explica por que não maximizar a mobilização monumental de recursos, presa no calendário de segmentos de mercado com antecedência tal que emula expectivas de toda sorte dos profissionais do meio, compradores, fornecedores, várias indústrias, levando a profissionais que muitas vezes apostam toda a sua sorte em tais eventos. Uma feira, hoje em dia mais do que nunca, deve ser maximizada antes, durante e após. E tais ferramentas de ERP & CRM para Networking vieram para ficar, tal como as rotas marítimas descobertas por Vasco da Gama e todos os marinheiros portugueses que lhe antecederam em descobertas de rotas, mas não ganharam a mesma publicidade. Isso tudo mais a webmetrics e outras formas disponíveis de monitorar comportamento de "indivíduos expostos a uma mensagem", como se dizia antes da era da Internet, para um vendedor, nato ou não, é meia-venda.

​Na SoccerEx, exemplo lembrado acima, o profissional faz contato antecedente ao evento com um expositor ou comprador, alinhava encontro, discute possibilidades, quebra o gelo para nos dois ou três dias de evento a laranja já estar meio aberta, a meio caminho. Igualmente, durante uma feira ou trade show e isto é óbvio, todas as formas devem ser utilizadas para incandescer o evento, os ânimos, favorecendo os Expositores - que investiram recursos - e os visitantes (i.e. compradores em potencial). É claro, tudo o que abarca a realização de um evento, desde o planejamento à condução "pós-venda" é uma matéria substancial muito maior do que estas poucas linhas.

De todo modo, os olhos otimistas de Pessoas & Palavras enxergaram simpatia em todos os "stands" que visitamos e o resultado da votação online pode ser visto a seguir. A votação foi tão expressiva que incluímos o segundo e terceiros mais votados também merecedores de prêmios: conforme prometido uma garrafa de Ginjinha (comprada na Nauticampo, no stand da Maravilhas da Rutte Sophia) para o Expositor mais simpático, e um exemplar do Alvidia - Um Horizonte a Mais para o segundo e terceiros mais votados, igualmente para o primeiro eleitor que votou no vencedor. »»»» role a página para ver os vencedores »»».

Nossos sinceros agradecimentos para todos os que aderiram a esta brincadeira séria.

 

O anúncio, digo teaser, do resultado da votação do Expositor mais simpático da Nauticampo 2019 somente foi feito três dias após o evento porque o realizador da iniciativa enfrentou um acidente com sua estação digital de trabalho. Peço desculpas. Luis Peazê

 

O Expositor mais simpático da Nauticampo 2019

O Expositor mais simpático da Nauticampo 2019 (segundo mais votado)

O Expositor mais simpático da Nauticampo 2019 (empatados terceiros mais votados)

Susana O. Praet

A primeira eleitora que votou no Expositor mais simpático da Nauticampo 2019.

bottom of page